SOMOS O RESULTADO DE NOSSAS FREQUENCIAS

Compartilhe este post

Share on facebook
Share on linkedin
Share on twitter
Share on email

Somos frequências de luz habitando simultaneamente inúmeros espaços paralelos e multidimensionais. O grau de vibração do nosso campo energético a cada experiência de vida vai depender do que estamos somatizando em nível paralelo correlacionado com o contexto atual e de nosso processo de ascensão em nosso caminho  evolutivo. Assim dependendo do contexto experienciado com pessoas e situação em determinadas vidas o reencontro com as mesmas no aqui/agora poderá “acordar” inúmeras situações e pesados fardos em nível de frequência interdimensional.

O tempo não existe em relação às experiências paralelas. Tempo é uma dimensão de consciência. Tudo está atrelado simultaneamente em nosso campo de consciência. O corpo material limita a conexão direta com estas outras realidades. Sendo assim todas as vidas correlacionadas a vida atual se misturam simultaneamente fornecendo dados e informações que dependendo o contexto de todas estas realidades e do nosso grau evolutivo podem causar profundo impacto a nível físico, material, emocional e espiritual. Doenças, problemas de ordem material, emocional e espiritual eclodem como resultado deste campo frequencial/vibracional sem que tenhamos uma visão clara da origem destas emanações.

Como frequência de luz respondemos vibracionalmente conforme o que estamos experienciando em outras realidades tendo em vista que todas as frequências correlacionadas a vida atual estão intimamente interagindo em nossa consciência. Se experiencarmos vidas paralelas e/ou multidimensional de frequências superior estaremos recebendo como campo vibracional emanações de alto potencial energético o que ocorre normalmente com frações de almas que estão dentro do plano tridimensional operando em missão de resgate planetário ou em um grau evolutivo ascendente.

Por outro lado, em decorrência do grau de frequência a que a grande maioria de frações de almas reencarnadas em planos tridimensionais experienciam ao se conectarem paralelamente a outras vidas correlacionadas com os compromissos assumidos na vida atual as direcionam a frequência da espiritualidade inferior afetando diretamente o seu projeto de vida. Frequência ativadas e não trabalhadas no encontro de compromissos kármicos servem como estopim de antigos padrões repetitivos e que geram novos desequilíbrios e problemas de toda a ordem até que a consciência comece a atuar em conexão com a espiritualidade superior dando início a jornada de aprimoramento e autoconsciência.

A cada pessoa e situação que reencontramos em nossa jornada terrena novas frequências vão se abrindo e caso não tenhamos a necessária sabedoria para curar e resolver processos inacabados e problemáticos de outras experiências de vida podemos comprometer profundamente a nossa essência de vida bem como todo o nosso agregado espiritual. Infelizmente este é o padrão repetitivo da grande maioria das frações de vida reencarnadas em planos tridimensionais.

Este padrão de comportamento repetitivo pode ser perpetuado por inúmeras vidas em especial pela atuação da espiritualidade inferior que atua diretamente nas frequências do medo e da culpa atrelando muitas frações de almas neste falso contexto tridimensional.

A nossa frequência determina também o local em que nos direcionaremos no momento da nossa passagem terrena. O grau de frequência experienciado durante uma determinada experiência de vida vai determinar o local onde seremos direcionados ao sair do plano terreno. Se o contexto das frequências de vida foram de pesadas conexões com a espiritualidade inferior e com as experiências não resolvidas no compromisso kármico envolvido fatalmente seremos direcionados a regiões que comportem a nossa frequência dimensional até que possamos reajustá-la a um novo estado de consciência.

Existem muitas dimensões, infinitos universos paralelos, todos à nossa disposição para melhor experienciarmos a nossa essência de vida. Nenhuma oportunidade é perdida. Criamos outras personalidades (fragmentos de nós mesmo), escolhendo o que desejamos ser e saber com os seus respectivos universos e todos eles estão experimentando e cooperando para a nossa experiência. Criamos outros Eus, cada um com o seu universo, que por sua vez criam outros Eus, que criam outros universos, até que possamos experimentar tudo que almejamos experimentar… sem limites.
Sejamos gratos a esta maravilhosa experiência do Um com toda a criação.

Caminhando na luz,
Maiana Lena

 

Artigos relacionados

Sem categoria

Você é a ovelha negra da família?

A “ovelha negra da família” é um termo que se refere a um membro da família que é considerado, peculiar, estranho, não convencional, excêntrico ou

Artigos

Dissolvendo Camadas Dimensionais Inferiores

O processo de dissolver as camadas de energia dimensionais inferiores dentro do campo de consciência e transmutar seu conteúdo de partícula para a próxima banda dimensional de