SINTONIZANDO COM FREQUÊNCIAS SUPERIORES/INFERIORES

Compartilhe este post

Share on facebook
Share on linkedin
Share on twitter
Share on email

Tudo é energia. E cada campo energético carrega uma determinada frequência.  Uma determinada emoção nos coloca diretamente na frequência dimensional do que viemos a sentir e dependendo do padrão energético da emoção experimentada podemos entrar e sair de diversas realidades interdimensionais sem termos esta consciência.

As emoções ligadas a terceira dimensão como, por exemplo, raiva, culpa, vergonha, medo, julgamento, são todas frequências da dualidade que existem em uma dimensão inferior e que nos colocam diretamente no seu campo vibracional no momento em que passamos a  alimentar tais emoções.  E dependendo do quanto passamos a alimentar este campo vibracional em nossa consciência estaremos dando origem a doenças, envelhecimento e todo tipo de obstruções que acabam afetando diretamente o nosso corpo físico, emocional, mental e/ou corpos sutis.

Qualquer desequilíbrio na frequência irá criar um desequilíbrio em nosso corpo físico, emocional, mental e corpos sutis alcançando dependendo a intensidade da frequência as nossas outras frações de vidas (vidas paralelas). Em contrapartida os sentimentos/emoções de amor, felicidade, compaixão, paz, nos transportam as frequências superiores  alimentando o nosso corpo de luz. Para mantermos a frequência com o nosso corpo de luz é necessário desconectar o campo vibracional com as frequências inferiores. Isso insere primeiramente em uma profunda limpeza, purificação e transmutação de padrões kármicos que estão afetando não só a consciência da fração de vida encarnada aqui/agora, mas também a de todas as frações de vida em outras realidades e que se mantém em conexão com a atual encarnação.

Quanto maior for à vibração do corpo físico, mas leve ele se torna. Enquanto sua consciência o manter preso em velhos padrões de crenças inacabadas os processos ainda ligados a determinada emoção/sentimento ainda precisam ser revistos e trabalhados. O objetivo é torna-lo  consciente do padrão kármico a liberar e quando uma emoção/sentimento vier a alimentá-lo novamente se possa olhá-lo sem desconforto e julgamento quebrando o ciclo repetitivo. O perdão se torna parte desta realidade. É neste período que se escolhe o amor sobre o medo e libera tudo o que não serve a um propósito mais elevado.

Na medida em que passamos a alimentar uma frequência superior todos os nossos “eus paralelos” trabalharão gradativamente no mesmo objetivo até que o nosso corpo fisco possa se fundir com a nossa alma, corpo de luz e consequentemente com a nossa essência monádica.

A importância deste processo e que se deve manter em mente é que todas as emoções carregam uma frequência que nos levam a uma determinada dimensão e que temos a plena liberdade de escolher o padrão vibracional ao qual desejamos continuar alimentando.

A palavra chave agora é o PROPÓSITO do que desejamos continuar alimentando e assumir a plena responsabilidade por esta escolha.

Bem-vindo ao seu processo de despertar. Estamos agora nos estágios iniciais da integração. Integração em nosso corpo de luz!

Seja a luz que você é e brilhe como nunca antes,

Maiana Lena

 

Artigos relacionados

Artigos

ORAÇÃO DE LIMPEZA PROFUNDA

“Eu, (seu nome), quebro, destruo, desintegro toda quântica geracional negativa que trago instaurada da árvore genealógica do meu pai e minha mãe, desde a primeira

Artigos

MEDITAÇÃO PARA A NOITE, DE LOUISE HAY

O dia acabou. As experiências foram vividas e pertencem ao passado. Agora é o momento de deixá-las, de desapegar-se. Deixe o seu local de trabalho